segunda-feira, novembro 06, 2006

Da série: vida dura



Aí estou com o Gadelha na barraquinha do camarão. O local não tem nome, só os cabeças-chatas sabem onde é, fica atrás do mercado de peixe do Mucuripe. Come-se feito um yet faminto e paga-se como um hindu. A paisagem é de graça.

Abaixo, a pracinha da Marinha que fica em frente à entrada do Porto do Mucuripe. Tirei uma foto da pitoresca torre de submarino que colocaram lá, vejam a presepada.





Com a ajuda do onipresente Google Earth, coloquei essa seqüência de fotos tiradas de um mesmo ponto, no caso, o Farol do Mucuripe e a praia do Titãzinho..









Esse local, que parece uma encosta californiana é o ponto culminante mais ao norte de Fortaleza, pelo menos, até onde os milicos não cercaram e impediram a entrada. Atrás de mim, viajando em linha reta, chega-se na Groenlândia sem escalas.

Já que eu estou a cara do Ednardo, se ele fosse gordo e buchudo, resolvi colocar a letra da música Ingazeiras, que ele fez com a Mona Gadelha. Não sabia, mas a música é uma homenagem ao Aldemir Martins, genial pintor que nasceu no interior do Ceará, e morreu ano passado.

Segue também um link com uma carta muito bonita escrita pelo Ednardo sobre a morte do amigo.

Ingazeiras

Mona Gadelha e Ednardo

Nascido pela Ingazeiras
Criado no oco do mundo
Meus sonhos descendo ladeiras
Varando cancelas
Abrindo porteiras
Sem ter o espanto da morte
Nem do ronco do trovão
O sul, a sorte, a estrada, me seduz
É ouro, é pó, é ouro em pó que reluz
O sul, a sorte, a estrada me seduz

http://www.gd.com.br/ednardo/materi39.htm

6 Comments:

Blogger Zarastruta said...

Heme',

Bateu agora saudade. Que vontade de comer um caranguejo com Pepsi Twist e tomar uma cerveja com bolinho de bacalhau. Vou escrever pouco pq nao tem acentucao nesta maquina.

2:49 PM  
Blogger Edge said...

Na foto com o Olinto nao aparece muito a paisagem, mas pela cara de relax da pra notar "o canto bacana pra pasar o domingo e tomar uma..s"

alias, cade tu Ollie?

Na proxima vez, vamos combinar uma e bebemorar :) In Cerva Veritas!

8:17 PM  
Blogger Hemeterio said...

Z;

Precisa de acentuacao nao que a gente entende. Portugues e uma lingua tao pratica que ja vem com sacos de lastro.

Edge;

Combinado! Já tá começando a neblinar ( é o novo!) e as tardes/noites vão ficando agradáveis de novo, ótimas pra jogar conversa fora:-)

8:43 PM  
Anonymous Tino Feitas said...

Querido Hemetério...só para que não ocorram inúmeros processos contra o falso direito autoral por sobre (êita!!!) sua esférica figura, passo para dizer que INGAZEIRAS é composição exclusiva do Ednardo, gravada inicialmente em 1973 no clássico LP "Meu corpo, minha embalagem, todo gasto na viagem", com Téti, Rodger Rogéri e Ednardo. Quanto a nossa querida Mona Gadelha (que está com seu terceiro disco nas lojas) gravou INGAZEIRAS no primeiro CD, de 1996. Aproveitando a deixa, deixo o convite para nos encontrarmos (ê boiolagem...) no tal do camarão na vila dos pescadores... estarei por aí entre o dia 3 e 7. Esse negócio da gente se ver só no show acaba que não falamos mal de ninguém... enfim. É... o Pedro está fazendo 9 anos!!! Faz tempo, camarada... Até alhures!

12:01 PM  
Anonymous Tino Feitas said...

Êi, má... publiquei um comment mas deu pau no blog... enfim, o que eu queria dizer é que INGAZEIRAS é só do Ednardo. Foi gravada originalmente no Clássico LP "Meu corpo, minha embalagem, todo gasto na viagem" gravado por ele, téti e Rodger Rogério em 1973. É nesse dito cujo que tem Terral. Qanto a Mona Gadelha, ela gravou INGAZIRAS no seu primeiro CD, de 1996, que tem também COR DE SONHO que eu ADORO e vou gravar um dia. Ela já está no terceiro CD e segue em frente lá por Sampa. No mais, deixo o convite para um camarão com cerveja nesse boteco aí do mucuripe entre os dias 03 e 07 de dezembro. Estarei aí para os NOVE!!! anos do Pedro... É o tempo passa... Dou notícia!!! Até alhures!!!

12:06 PM  
Blogger Hemeterio said...

TINO!

Pois tá combinado, nos vemos então em dezembro!

É mundão velho sem porteira!

12:52 PM  

Postar um comentário

<< Home