terça-feira, setembro 25, 2007

Decoração de interiores

O ramo mais avacalhado - e rentável - da arquitetura também é o mais divertido. A Decoração de Interiores é a aplicação de botox da arquitetura: alguns consideram frescura, outros, essencial para a harmonia do projeto. Falando com uma amiga que estava de mudança, sugeri, só de sacanagem, que a casa nova deveria ter uma estante de tijolos, daquelas que os hippies usavam pra entocar LPs e maconha. Ela gostou da idéia! Já que havia dado a dica, assumi a responsabilidade de tocar a obra.

Evidente que fiz o projeto graciosamente. Se algum de vocês quiser uma igual eu faço também, mas saibam que terão que arcar com as despesas de transporte. Basicamente, o aluguel de um Antonov pra levar os tijolos, ok?


Comprei os tijolos e de acordo com o projeto, colei as peças em grupos de dois e três. Minhas costas doem de tanto abaixar pra esparramar a cola. Emporcalhei uma bermuda, limpando os dedos sujos na roupa. A casa está cheia de poeira. O aparelho de dvd emperrou, provavelmente devido às partículas em suspensão.


Destruí o piso ao pintar os tijolos diretamente no chão. Isso se resolveria se eu tivesse coberto a sala com um jornal, mas limpeza e organização são para os fracos. A penicilina não teria sido descoberta se o laboratório de Alexander Fleming fosse limpo como uma fábrica de microchips, e Picasso seria muito menos respeitado se seu atelier fosse organizado como o estúdio do Sig Bergamim. No entanto, o cheiro da tinta fresca me deixa tonto. Cogito dormir numa pousada, mas temo que os gases da tinta entrem em combustão e queimem o ap. Passo a noite em claro. As dores nas costas aumentam.


Estou suado e descabelado, como um Jack White dos infernos, gordo e decadente. Subo até o ap dela com os tijolos nos ombros, pois o condomínio não tem ainda um carrinho de compras. Apesar dos percalços, surpreendentemente tudo se encaixa, e nada desmorona! A não ser, é claro, a suspensão do meu carro.


Na Idade Média, era costume amarrar o arquiteto da catedral e deixá-lo embaixo da nave central, enquanto se desfaziam os andaimes e escoras. Se desse tudo certo, o arquiteto ganharia mais e mais prestígio. Se desse algo errado, ele seria enterrado com seus erros. Taí uma boa dica pros nossos médicos e políticos. Vai daí que resolvi testar se a estante aguentaria meu peso. São 102Kg mais 4l de suor. Parece que tudo ficou estável, ufa.


Deu tudo certo, e só gastei 200% além do que havia planejado, fora o desgaste de saúde e os calos nas mãos. Ah, mas compensa tudo, olha como ela ficou contente!


Que tal? Não é uma revolução no design de interiores?

3 Comments:

Blogger Edge said...

ha! ficou muito bom.

(e ela sabe que a foto dela está logo após um post sobre avaliação de filmes pornôs ? :-))

7:41 AM  
Blogger Zarastruta said...

Olha o Hemé de namorada. Um dia este menino ainda se casa.

9:49 AM  
Blogger MestreD said...

Criativo. Mas a sua amiga é bem melhor.

12:29 PM  

Postar um comentário

<< Home