quinta-feira, setembro 06, 2007

Desculpas, sempre desculpas! O desenho aí embaixo é meu, mas o texto... bem, não me responsabilizo. No quartel, um soldado segue ordens! Ah, vejam aí. Bah.


Constatações óbvias
Não nasci rico, não vou herdar nada da mamãe e nenhuma ricaça me quer. Também não tenho sorte no jogo e trabalhar não adianta. Só me resta roubar, ou seja: entrar pra política. Senador Rufino Neto soa bem, não?
Todo mundo na Terra tem, ou teve, quatro avós. Da mesma forma, cada um também teve oito bisavós. E dezesseis trisavós, trinta e dois tataravós e assim por diante. Fazendo as contas, cada indivíduo vivo hoje teve sextilhões de antepassados há pouco menos de vinte gerações, o que é absurdo. Esse povo todo ocuparia várias vezes a superfície da Terra, inclusive os oceanos. A conclusão lógica é que todos somos irmãos ou primos entre si. Eu quero ser primo da Mel Lisboa!
O ser humano é um bicho burro e inviável, como já disse por aqui diversas vezes. Mas são poucas as chances que a gente tem de provar. Consegui esse flagrante aqui no estacionamento do trabalho, reparem...


...que o pitoniso que fez essa calçada merece um prêmio. Melhor: merece uma condecoração! Ele será promovido ao posto de celenterado, com louvor. Vejam que ele concretou o passeio central colocando respiradouros para as árvores mas, incapaz de pensar a longo prazo - o que seria demais exigir de um recém promovido a celenterado -; o sujeito fez os buracos de acordo com o diâmetro atual de cada árvore. Eu acho que as árvores crescem, não?


O resultado é que as plantas irão morrer ou, numa perspectiva otimista, irão romper o concreto, obrigando que a próxima geração de amebas refaça a obra. Eu mereço.

5 Comments:

Blogger Edge said...

ha! otima observacao.
ja pensou se fosse um pé de manga?

7:36 PM  
Anonymous leila said...

Que anta!

9:56 PM  
Blogger Nanael Soubaim said...

Quem o promoveu? Esse coacervado não pode trilhar o caminho dos cordados sem mérito... Plante uma mudinha de cajoteira, bem pequenininha, em cada respiradouro, então o passeio volta a ser de terra em cinco ou seis anos.

2:16 PM  
Anonymous Roberto Oliveira Freitas said...

Oi Hemetério,
A quanto tempo em?????
Mandei um email para o enderreço hemet@xxxxxxx.xxx pedindo teu endereço residencial, pois tenho um convite para te enviar. Como vc não respondeu to te mandando essa mensagem.

Abraços

4:44 AM  
Blogger Janasinha said...

Ah... pessoas assim não deviam se formar NUNCA

11:48 AM  

Postar um comentário

<< Home