quinta-feira, novembro 22, 2007

Já compraram o livro do Benett ?





Fuck the work!

A cada dia, crescem as barreiras contra a Internet no ambiente de trabalho. No começo, só os sites de sexo eram bloquados. Depois, os de esportes. Em seguida, os de notícias. Agora, até os sites de webmail estão banidos!

A Internet serve para muita coisa, ninguém duvida. No ambiente corporativo, ela tem ainda a função extra de ser uma janela para o mundo. Aí cabe uma conotação e uma denotação. A janela é metafórica, mas também é real, pois nos escritórios vedados e impessoais, não há um ponto de fuga para onde direcionar o olhar e relaxar.

O que me leva ao âmago deste ensaio: como ver pornografia no trabalho?

Sem a possibilidade de distração proporcionada por uma brecha na paisagem, e com todos os sites bloqueados, como tirar alguns segundos para a divagação? Lembram da época do colégio? A turma de meninos levava revistinhas pornográficas e a mais recente Playboy "encartada" num livro de física. Assim, o conteúdo parapedagógico podia circular quase livremente. Metade do atrativo do sexo é a perversão e o medo de ser flagrado, claro.

Tenho uma técnica que na maioria das vezes funciona. Basta acessar algum site de busca de imagens e teclar "vulva", "vagina", "pussy", "ass", "butt", "bunda" e congêneris, que pode funcionar. Digo pode porque o tiro em geral sai pela culatra. A busca pode derivar para um site médico, em que a foto da vagina que você queria ver não é necessariamente, a da ninfetinha escanhoada, e sim a da avó dela, e olhe, não há nada de sexy numa herpes genital em close.



Veja que nesse exemplo acima, a busca foi catastrófica. Desculpem se estraguei seu jantar, mas o termo "vulva" é técnico demais. Não é problema do Google, vejam bem - continuem o bom trabalho, Larry e Sergey! Vamos tentar algo mais prosaico, mais popular, mais carinhoso: "buceta". Observem:



É, não melhorou muito. Mas agora você sabe que o coronel Amadeu Buceta foi um valoroso oficial do exército português, isso não é divertido? Tentemos novamente, dessa vez usando o site da Corbis.



Olhaí, melhorou um pouco. Dessa vez coloquei o termo "butt" e veio uma leva de coisa interessante, mas ainda com aquele quê de clínica médica. Mas lembre-se, esse recurso é um mero quebra-galho, nada como procurar sua tão amada pornografia no conforto de sua LAN House preferida.

Caso queira prospectar em seu próprio veio, tente ainda o site da Gettyimages. Obviamente, as meninas leitoras podem fazer sua busca com os termos que lhes apetecem, os quais me excluo de comentar.

No mais, divirta-se em sua baia de fórmica e cuidado com o som de passos atrás de você! E uma coisa é certa: os acessos a este blog devem aumentar um pouquinho, devido aos termos chulos aqui impressos. Uai, sexo vende.

5 Comments:

Blogger Michel said...

Hemé, o Google, por padrão, deixa um filtro na busca de imagens evitando a pornografia. Ao abrir o google, e clicar pra ir na pesquisa de imagens, clique em preferências, e verá algo assim:


Filtragem SafeSearch

O Safesearch do Google bloqueia páginas da Web que contenham conteúdo sexual explícito, impedindo que elas apareçam nos resultados da pesquisa.
Usar filtro restrito (Filtrar textos e imagens explícitos.)
Usar filtro moderado (Filtrar apenas imagens de conteúdo explícito. - comportamento padrão)
Não filtrar os resultados de minha pesquisa.


Depois disso é só você eliminar os filtros que vai ver mais coisas legais :-)

6:17 PM  
Blogger Tarso Bessa said...

É isso mesmo Hemé. Os chefes não entendem, mas deve sempre haver uma "válvulva" de escape no trabalho, para relaxar.Ler uma notícia de filme aqui e acolá, pornô por exemplo.

Desative o SafeSearch como o michel falou que suas imagens vão vir bem mais abundantes.

8:04 PM  
Blogger Edge said...

rapaz, tira essa vela perto dos livros :)

4:41 AM  
Anonymous Marco Aurelio Brasil said...

E aí? Turbinou o sitemeter? E diz aí, por que vc tá queimando o livro do Benett? É ruim assim?

9:41 AM  
Blogger Hemeterio said...

Michel, Tarso; fui lá e fiz as alterações. E não é que ficou melhor? Brigadão!

Edge, Marcão; depois de tirar a foto, desmontei o altar, re re re. Veja que o livro do Benett está à direita de Deus Pai, que é como ele considera o Groucho.

2:53 PM  

Postar um comentário

<< Home