segunda-feira, setembro 15, 2008

Life and Death

Saruman é um notório devastador de árvores. O primeiro mago branco é um sujeito tão ruim e tão inimigo do meio-ambiente que sua foto deveria estar impressa em cada gabinete do Greenpeace, talhada por tarjas vermelhas ou servindo de alvo para dardos. No final d´O Retorno do Rei, Saruman aporta no Condado e corta todas as árvores! Quando os quatro hobbits retornam também, logo após suas aventuras, encontram aquela devastação só. Depois de apearem Saruman do local, eles replantam árvore por árvore, com a ajuda dos fertilizantes dos elfos. Tudo rebrota em um terço do tempo, mais viçoso e bonito que nunca!

Pois bem, aqui na minha aldeia também existem alguns orcs e bruxos do Inferno que adoram cortar árovres. Não sei quem cortou minhas castanhoeleiras. Não importa mais. Elas tinham cinco andares de altura, e depois dessa phoda, ficaram reduzidas a tocos de meros três andares. Quase mataram meus ents.

Bom, não tenho o pó dos elfos, e as árvores só podem contar com elas mesmas, o sol e a chuva. Tirei uma foto do desastre, no dia em que foram cortadas, e depois, três meses adiante. O resultado é espetacular, mesmo sabendo que elas vão demorar décadas para atingirem o antigo esplendor. Tenho as fotos das árvores como eram antes, mas... melhor não ver mais. Passou-se. Bah. Maldita raça humana. Minha esperança é que o planeta se livre de nós como um cão expulsa as pulgas do seu couro maltratado.


5 Comments:

Blogger Edge said...

a natureza é impsionante mesmo. mas gosteria de comentar uma coisa nas fotos, da estranha saudade que deu das ruas dos bairros residenciais de fortaleza. Aqui quase nao existem condominios de moradores, todo mundo tem sua casa e com um jardim ao redor que nos separa de tudo.

la na rua onde morava em Fortaleza, 10 anos atras, a minha mae e as vizinhas ficam conversando na calcada ate 10 da noite seja falando da novela, do lula ou de costura.

de uma certa forma queria que fossemos mais proximos aqui, mas todo mundo se tranca em casa 6-7 da noite, outra visao talvez. deve ser o sol, porque enquanto é cedinho e tem sol a meninada ta toda na rua :)

4:50 PM  
Blogger Hemeterio said...

Edge, por incrível que pareça, alguma coisa melhorou aqui. Nossos índices de violência ainda fariam desmaiar um sueco, mas de fato, as ruas tão mais seguras. Ainda vejo essas rodinhas de calçada, principalmente no Benfica, Centro, Fátima, Piedade e nas vastas periferias. Queria muito morar numa casa com quintal. Eu faria uma mini Amazônia nele...

A hipótese do Sol é correta! Como deve ser louco ter um dia de 20 horas de sol e quatro de penumbra, como nos polos, no verão!

5:21 PM  
Anonymous Anônimo said...

Grande Hemet...
estou sempre lendo o "brogs" apesar de não comentar.
Tem um amigo q lançou o dele.
Novinho o brogs mas tem uns textos interessantes.
http://www.desapertandoamente.blogspot.com/

dá uma olhada. O nome do cara é Braulio.

abraços

Eduardo, espada e matador.

6:17 AM  
Blogger Tarso Bessa said...

Eu defendo a idéia de plantar árvores nos dois lados das ruas de modo que as copas se encontrem.

Pra isso temos que chamar os Ents

6:49 PM  
Blogger Hemeterio said...

Eduardo, é sempre bom te ver aqui, rapá!

Tarso, essa ciadde existe, é Belém. As copas se encontram e formam túneis verdes!

7:54 PM  

Postar um comentário

<< Home