quarta-feira, fevereiro 04, 2009

PVII - Eu proponho.

Meu esboço para uma eventual reconstrução do Estádio Presidente Vargas, carinhosamente chamado de PV. Tudo o que se precisa saber está aí, o resto são detalhes e engenharices. Custaria menos de 100 milhões de reais. Ocuparia a mesma área do atual, mas com o dobro do público. Preservaria e incorporaria o deslumbrante bosque e praça ao largo. Prefeitura de Fortaleza, empresas interessadas, quem teria tanta audácia e esperança?


2 Comments:

Blogger ollie said...

Adorei. Só não ficou claro pra mim como se atravessa ali entre as quatro principais áreas de público, de uma pra outra. Ou cada seção é isolada das outras? Aquilo nos pólos são finos corredores, só decoração ou o que? E o indispensável estacionamento, a praga da arquitetura urbana moderna, no(s) subsolo(s)?

12:59 PM  
Blogger Hemeterio said...

Gaudi! Perfeito! quero que o povo comente, aí vou tirando as dúvidas de vocês - e as minhas também!

Sim, não há comunicação entre os três blocos de arquibancadas e o corpo principal curvo. Cada megabloco vai ter seus acessos, quiosques de comidinhas, banheiro, ambulatorios e tudo mais. Além de gerar compartimentos estanques - úteis para evacuações rápidas -, também gera uma "Área VIP" para o público do bloco curvo, com preços diferentes. Como aliás, já existe no Estádio original. Minha proposta gera uma referência sentimental com o Estádio velho, apesar de ser recosntruído do zero.

São corredores de acesso, ligados às rampas curvas. A inclinação das arquibancadas será extrema, mas confortável, como num cinema imax. As rampas, aliás, serão em dupla hélice, como nos estacionamentos de shopping: uma leva ao bloco atrás do gol norte e a outra, à arquibancada leste. o mesmo para o gol sul.

É possível ter um estacionamento bem grande nos subsolos, mas não é a prioridade. O espaço interno abaixo do Estádio deverá ser ocupado por carros de bombeiros, ambulancias, ônibus dos times e carros da polícia e de autoridades. Minha proposta - ok, pode ser utópica - é privilegiar o transporte público. No entorno do Estádio, a ser definido, tem que haver um mini terminal. Ou um metrô, se o orçamento fosse infinito.

1:45 PM  

Postar um comentário

<< Home