sábado, março 21, 2009

Green grows, parte 4

Desde a limpa de Carajás, não se via crime ambiental tão solerte. Podaram insensatamente minhas três árvores aqui da calçada. Isso foi em junho de 2008. A cada três meses, mais ou mensos o tempo de duração de uma estação do ano, venho registrando a recuperação delas. A foto atual é deste mês de março. A recuperação é impressionante, mas nunca mais - pelo menos no meu tempo de vida - elas terão o porte anterior. Maldita raça humana.

2 Comments:

Blogger Haron said...

Hemé,

Por isso não desista da idéia do Parque Florestal Mucumbuco do Hemé, em Guaramiranga. Lá você poderá ter um rifle de longo alcance para derrubar quem tente cortar alguma árvore do parque.

4:17 AM  
Blogger Hemeterio said...

Taí que vou fazer isso, Haron!

Outra coisa que vou fazer no Mucumbuco é um cemitério, sempre achei um barato o cara ter um cemitério no jardim de casa, ou enterrar a esposa à sombra do carvalho da fazenda. Atirando nos cortadores de árvores, eu terei um suprimento de corpos para meu cemitério que faria a inveja de Odorico Paraguaçu.

5:36 AM  

Postar um comentário

<< Home