sexta-feira, maio 29, 2009

Hang the trainee!

Quem escreve essas coisas? Peguei no Terra, corram!



Analisando uma piada, por Marçal Maçante, PhD.

O poder de síntese da piada em questão é admirável, sobretudo por causa do exíguo espaço para o texto. Vejamos. O futebol é cerne de variadas piadas sobre homossexualismo. Jogadores atléticos, jovens e inexperientes, concentrados por longos períodos de intimidade forçada, nos remetem também à Grégia Antiga e aos seus ideais de perfeição e culto ao corpo - onde as relações homoeróticas eram lugar-comum.

Como se isso não bastasse, o texto cita o treinador Dunga, que é natural do Estado do Rio Grande do Sul. O Estado é outro alvo frequente de piadas sobre sexualidade ambígua, em virtude da pose exageradamente machista e viril dos nativos. O restante do país, portanto, inverte a expectativa e a autoimagem dos gaúchos, troçando com essa característica peculiar e a aparente imunidade deles ao bom humor da pecha - o que aumenta e perdura seu poder de machucar e fazer rir.

O termo posições, como está listado no texto, obviamente se refere ao posicionamento tático dos futebolistas em campo, mas no contexto jocoso em questão, também reforça a imagem de perversão sexual tendo como base o acomodamento anatômico. A manchete poderia ser arrolada no hall das obras-primas dos textos dúbios.

quarta-feira, maio 27, 2009

CHIBATA! 2º Edição

Boas novas, povo! O site da Conrad já disponibiliza a segunda edição do nosso Chibata! Ora, ora, quem diria, hein? Ou esgotaram os exemplares antigos nas livrarias ou o caminhão de distribuição caiu da ponte.

Vocês podem conferir aqui, e eventualmente, comprar também.

http://www.lojaconrad.com.br/produto.asp?id=1239

segunda-feira, maio 25, 2009

Zoofilia fraterna

Aí, só na amizade. Eu e o Barradan, o collie do Magela e da Rejane. Todos têm seu preço, até mesmo cahorrões fofos. levei um pacotinho de Doguitos e ele imediatamente ficou chapa. Deve ser muito bom ter um cachorrão felpudo de mascote. Serve de cobertor, travesseiro, apoio pros pés e chamariz pra gatinhas. Ele tem sete anos e deve durar mais uns sete. Muito mais que eu, suponho, já que corro mais riscos - a TAM, a GOL e a CIALTRA são riscos?

quinta-feira, maio 21, 2009

Clássico em Fortaleza: bocas-de-lobo obstruídas por lixo e o alagamento se formando. Essa aí é a esquina da Santos Dumont com Desembargador Moreira, ontem, quarta feira, lá pelas dez da noite. Na tempestade, tive que sacrificar meus tênis em holocausto. Que os céus o recebam em sua glória.

Se o jornal Il Popolo ou o Northeast´s Daily ou o L´etat quiserem as fotos, tenho aqui comigo em melhor resolução.

segunda-feira, maio 18, 2009

Bacorinhos gripados

Agora eu sou um destituído digital. O computer de casa quebrou e a Internet no trabalho é toda bloqueda. Limaram inclusive o Twitter, até então minha única janela com o mundo, nas dez horas diárias que passo em Guantânamo. Sou um ilhéu sem pontes. E provavelmente, um ilhéu desempregado, se algum chefão ler isso. Ei, brincadeirinha, folks!

Droga! Bom, podia ser pior, eu poderia estar capinando o terreno, aí não ia mesmo ter essa moleza de Internet. Bah.

Bem, olhem isso. Mesmo com o risco de levar um tiro no focinho, ando com minha câmera obsoleta pra todo canto dessa cidade perigosa.



Peguei o flagrante num sinal de trânsito. Vou traduzir o analfabetês. O que o cara está dizendo é o seguinte: No Poder da Pílula. Por pílula eu entendo aquele coquetel alucinógeno que os caminhoneiros chamam de rebite. É, Jesus tem que estar 100% atento, talvez tenha que assumir o volante, dando uma de copiloto. Mas os palestinos do século I não sabiam dirigir e... ah, esquece.

sexta-feira, maio 15, 2009

OASISTORIES

"Pra pedir silêncio eu berro", como diria Rita Jones, é uma contradição perfeita e bem humorada. E o que dizer dessa clássica proibição ranzinza, garimpada na memorável viagem a Curitiba?



Reparem que tal qual camadas geológicas, a sobreposição do chapisco preservou a pichação do esquecimento. E quem sabe, poupou o autor do delito de outra infração, ja que uma segunda pintura sobre o muro - no qual, afinal, é proibido pintar -, seria reincidência! Perfeito! É um jurista com pendores artísticos!

quarta-feira, maio 13, 2009

OASISTORIES

No show do OASIS em Curitiba tinha um doido com dois recados pra banda, escritos numa tampa de isopor pra cerveja. Tirei rapidamente uma foto do flagrante, mas vou ter que traduzir aqui procês, pois a definição ficou muito baixa. Num lado da tampa, o maluco escreveu: Don´t play Live Forever! e no outro, Gas Panic! Bastardos! Assim mesmo, em tupi.



Sensacional. Só faltou alguma doida mostrar os peitos. Mas Curitiba tem classe, infelizmente! :-D

terça-feira, maio 12, 2009

OASIS - CURITIBA - O Retorno

Curitiba é uma espécie de São Paulo sem stress. Todas as mulheres usam jeans agarradinho e botas de cano alto. Mesmo na metade do outono, todos andam agasalhados e arrumados como se esperassem uma nevasca. O matuto aqui andou o tempo todo de bermudão e chinelos com meias, sob os 20° constantes, tão à vontade que um nativo veio me pedir informações. O sotaque é engraçadinho, uma mistura exata de gauchês com caipirês paulista. Tudo é limpo e organizado, daria pra lamber as calçadas, eu acho. O transporte público funciona, é impressionante, não é essa putaria que existe no resto do Brasil. Metade dos ônibus não tem trocador nem cordinha pra dar sinal. As favelas devem estar camufladas, pois não vi nenhuma por onde circulei - o que não significa que não existam, mas no Brasil é comum favelas infestarem até bairros chiques e roteiros turísticos. Assim como em SP e RJ, o PR tem, ou diz que tem, três times de futebol de categoria, mas se juntá-los num balaio só não dá um reles Fortaleza. Pra ir da cidade ao aeroporto, que tecnicamente fica em outro município, Pinhais, os taxistas cobram uma tal de "taxa de retorno" de R$11 - paguei de otário, mas fiquei puto. É tanta mulher bonita junta que dá torcicolo andar na rua. Os parques urbanos são um destaque à parte, parece que na devastação geral da mata atlântica, Curitiba foi estranhamente esquecida.

Que mais, que mais posso relatar da minha eloquente experiência de 50 horas na cidade? Fuscas! Sim, fuscas! Curitiba tem uma impressionante frota de fuscas conservadíssimos. Muitos deles têm até aquelas "pestanas" por cima dos faróis.

Abaixo, uma sequencia de fotos do show do OASIS. Ao longo dos meses, ou anos, vou postando algumas outras fotos da viagem. Quem quiser uma foto em resolução alta me avise que eu mando, ok?







quarta-feira, maio 06, 2009

OASIS - Curitiba



Vou conferir o OASIS ao vivo antes que a banda acabe. Aproveito e conheço Curitiba, cidade onipresente no meu imaginário de arquiteto e lar das mais deslumbrantes modelos do Brasil. Confira aqui: ( http://modelovip.com.br/principal.htm ). Já vou reservando uns 100 reais pros esquema.



Té, povo!

segunda-feira, maio 04, 2009

Jégassus

Encomendaram um croquis de farra para aquele campeonato da RedBull. Vocês conhecem. Equipes de malucos constroem engenhos despencadores e se lançam de uma plataforma direto no oceano. Sucesso garantido! No caso, não bolei a idéia do Jégassus, apenas rascunhei o projeto para a turma. Vamos ver se eles são classificados e o jegue voador sai no Esporte Espetacular!

sábado, maio 02, 2009

"Eu peguei da Internet, mãe."

Da série: copia, meu filho.



Lightning McQueen, personagem da Pixar e acima, sua versão azul pirata cearense. O que seria das empresas de - literalmente - fundo de quintal sem os cliparts? Teriam que me pagar regiamente pra fazer logotipos, vejam que absurdo.