sábado, julho 10, 2010

LC

Abriram uma Livraria Cultura aqui em Fortaleza, finalmente. O ambiente é fino e refinado e tal, mas eu nao me encomodaria se ao invés do ar-con e dos carpetes, a loja fosse toda na base do chao de cimento e paredes de taipa - contanto, é claro, que os mesmos livros fossem vendidos pela metade do preço. Tudo é muito caro, muito caro. Ai ai.

Mas enquanto a Grande Revoluçao Burguesa nao vem, sigo no meu papel de otário consciente. Olha só o que arrastei de lá:

2 Comments:

Blogger Carlos André Mendes da Silveira said...

Caro Hemetério, por curiosidade, poderia falar em 2 linhas qual o enredo de João do Rio?
Um abraço,

André.

8:17 AM  
Blogger Hemeterio said...

Carlos, sao cronicas do jornalista Joao do Rio, escritas no inicio do sec XX. ainda nao li, mas sei que sao um relato saboroso da sociedade carioca - e brasileira da epoca.

2:12 PM  

Postar um comentário

<< Home